Cultura e Turismo

Artistas baianos levantam questões sociais no livro ‘Preto É Rei’

Publicação incentivada pelo Programa Aldir Blanc BA será lançada no próximo dia 24

Fotografias, colagens e ilustrações compõem o livro ‘Preto É Rei: a poesia da dinastia preta’, sendo todas obras criadas por artistas negros baianos. A publicação fica disponível nas versões impressa, audiobook e virtual. O lançamento será realizado no dia 24/07, quando o público pode acompanhar um bate-papo online entre os artistas participantes. A transmissão será às 19h, no canal da Confraria 27 no YouTube (https://abre.ai/youtubeconfraria).

 

O projeto ‘Preto É Rei’ visa dar visibilidade e destaque aos artistas negros da Bahia. “Todas as obras presentes nesse trabalho carregam no cerne da sua materialidade discursos e narrativas que buscam potencializar a luta diária pela equidade racial. A maioria das pessoas pretas acumulam mais de um marcador social. As mulheres, os LGBTQIA+, os pais e filhos de santos negros sofrem diariamente violência por suas identidades e esses estigmas também são retratados nas obras”, explica Rafael Sisant, artista que assina o livro.

 

No livro, o leitor acompanha obras que discutem questões raciais, de gênero, discussões sobre as matrizes africanas e a fé. “O projeto Preto é Rei traz consigo fatores riquíssimos, seja para os artistas, para a equipe de produção, como também para as pessoas que vão ter acesso ao material”, afirma a artista Emilly Sisnando, representante do Vale do Jiquiriçá pela cidade de Medrado-BA.

As obras trazem discursos de diversas partes da Bahia, um estado com 81,1% da população sendo negra, entre pretos e pardos (IBGE, 2018). “A Bahia é o lugar com a maior diáspora Africana no Brasil, por isso é muito importante nós artistas pretos resgatarmos nossa cultura, falar de negritude e expressar arte”, comenta a artista Keila Gondim de Salvador-BA .

 

A publicação é realizada pela Confraria 27. Todos os detalhes podem ser acessados nas redes sociais da equipe: Instagram (@confraria_27) e Facebook.com/confrariadanca27. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Virabólica Comunicação

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar