TRIBUNNA Rural

Fenagri será lançada dia 22

'O impacto do agronegócio no ODS 2 (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) - Fome Zero e Agricultura Sustentável Investimento Social Privado'. Este é o tema da feira em 2021.

Com Assessoria de Comunicação

Tribunna Rural/Coluna Agro Tribuna NE – O impacto do agronegócio no ODS 2 (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) – Fome Zero e Agricultura Sustentável Investimento Social Privado. Este é o tema da Feira Nacional de Agricultura Irrigada (Fenagri 2021), que será realizada com um debate ao vivo nesta quinta-feira (22) das 13h às 14h30, no programa Agro 360 através do canal Terraviva e também pelas redes sociais Instagram, YouTube e Facebook.

O evento será aberto pelo prefeito de Petrolina, Miguel Coelho e pelo presidente da Associação dos Produtores e Exportadores de Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco – Valexport, José Gualberto, com mediação do ex-ministro da Agricultura e indicado ao Prêmio Nobel da Paz 2021, Alysson Paolinelli e vai contar com as participações do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, Linda Pfeiffer (CEO – INMED Partnerships for Children) e o presidente da Bayer no Brasil, Marc Reichardt.

Considerada a maior feira de fruticultura irrigada da América Latina, a Fenagri, já em sua 28º edição, comemorando 35 anos, vai acontecer entre os dias 6 e 9 de outubro no Pátio de Eventos Ana das Carrancas. Com o tema ‘Agricultura digital: Tecnologia e Inovação’, a programação inclui mostra de estandes, fórum sobre as perspectivas do agronegócio brasileiro, workshop, seminário, minicursos e o Agritec, que reunirá as inovações do agronegócio no Vale do São Francisco.

De acordo com o prefeito Miguel Coelho, até o mês de outubro os organizadores (Prefeitura de Petrolina e a Valexport), estarão promovendo uma série de eventos de preparação para a Fenagri 2021.

“Em julho iremos realizar um webinar com o tema ‘A realidade ampliada do Nordeste – Transposição do Rio São Francisco’ reunindo nomes importantes ligados ao tema”, adiantou. Miguel Coelho destacou ainda que a fruticultura irrigada no Vale do São Francisco movimenta cerca de R$ 1,5 bilhões por ano, gera 250 mil empregos e responde por 98% das exportações nacionais de uvas de mesa e 87% de mangas.

Em função da pandemia da Covid – 19, os organizadores da Fenagri 2021 montaram um plano de biossegurança incluindo regras como o uso obrigatório da máscara; álcool gel espalhados por diversos pontos; não será permitido aglomeração; controle de fluxo nos ambientes; alimentação concentrada apenas na praça principal; controle de distanciamento entre as pessoas e a proibição de coffee breaks nos estandes.

Mais informações: www.fenagri2021.com.br

 

 

 

 

 

 

Portal Tribuna NE

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar