PolíticaTRIBUNNA Rural

Kaio Maniçoba inicia gestão do IPA com entrega de sementes no Sertão do São Francisco

Serão entregues 472.150 quilos de sorgo e milho, beneficiando 80 mil agricultores em PE

Com Assessoria de Imprensa

Por Tribunna Rural/Coluna Giro Agro – A Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), por meio do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), começa a distribuição de sementes do Programa Campo Novo, no Sertão do São Francisco.

O presidente do IPA Kaio Maniçoba e o secretário de Desenvolvimento Agrário Claudiano Martins participam da entrega na quinta-feira (18), em Santa Maria da Boa Vista. Na sexta-feira (19), eles entregam as sementes em Floresta e Itacuruba. Na segunda-feira (22) será a vez de Serra Talhada e Manari.

Ao todo, serão entregues 82.290 quilos de sementes de sorgo e milho, nos municípios de Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista. A iniciativa deverá beneficiar mais de 13.700 agricultores.

“Mesmo diante da pandemia, o Governo de Pernambuco e a SDA mantêm o compromisso de apoiar a Agricultura Familiar, mantendo a distribuição de sementes, observando as normas de segurança sanitária e a entrega no período da quadra chuvosa do Sertão”, explica o presidente do IPA, Kaio Maniçoba. “Dessa forma, a população rural estará preparada para o plantio, assegurando mais qualidade de vida e renda para o campo”, reforça o presidente.

Em todo o Estado, está prevista a entrega de 472.150, beneficiando quase 80 mil agricultores familiares do Sertão do Araripe, Pajeú, São Francisco, Itaparica, Central e Moxotó.

A distribuição começou pelo Sertão do Araripe, no início do período chuvoso na região. Os agricultores receberam cerca de 148 toneladas de sementes, entre milho e sorgo. As cidades de Exú e Ouricuri foram as primeiras contempladas, com a distribuição. Exú vai receber 16.540 kg de sementes e Araripina 25.180.

CAMPO NOVO

Criado em 2019, o Programa Campo Novo tem como foco a entrega das sementes exatamente no início da quadra chuvosa, permitindo o plantio durante esse período no Semiárido do Estado.  Só no ano de 2020, o programa distribuiu 75 toneladas de sementes de sorgo, que permitiu o cultivo de 7.500 hectares de sorgo forrageiro, produzindo cerca de 337 mil toneladas de matéria verde.

 

 

 

 

 

Portal Tribuna NE

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar