Uncategorized

Vendas prometem ser movimentadas com a chegada do Papai Noel para o Natal da Cidade

Redação Tribunna

As surpresas do comércio de Petrolina, maior cidade do sertão pernambucano, para o período natalino, se farão presentes na campanha Natal da Cidade, promovida pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio Varejista (Sindilojas). A campanha foi aberta oficialmente na sexta, dia 9, com a chegada do Papai Noel que saiu em caminhada do Parque Josepha Coelho e o Calçadão Bahia, coração do comércio central de Petrolina, para iniciar os enfeites da árvore totalmente voltada para o conceito da sustentabilidade.

Até o dia 27 de dezembro – quando ocorrerá o grande sorteio de prêmios da campanha – diversas ações serão realizadas junto ao comércio varejista. Além de fomentar a economia regional, o Natal da Cidade este ano pretende trabalhar o conceito de sustentabilidade, evidenciando que cada um deve fazer a sua parte na construção de um mundo melhor.

“Esperamos que os lojistas abracem a campanha que traz uma série de novidades. Fizemos todo um planejamento que contempla desde iniciativas voltadas para o comércio quanto para ações sociais em várias áreas de Petrolina”, frisou o presidente da CDL, Manoel Vilmar.

ÁRVORE DOS DESEJOS

A chegada de Papai Noel e seus Duendes do Bem, teve como atração principal a entrega da Árvore dos Desejos, montada no centro da cidade, no Calçadão Bahia. Toda feita de pallets, a árvore vai receber- durante toda campanha – fitinhas (inspiradas nas do Senhor do Bonfim) colocadas pelos consumidores que comprarem nas lojas credenciadas.

A funcionária pública aposentada, Lúcia Maria de Macedo, esteve no Calçadão Bahia e aprovou a ideia. “Acho que tudo que fala em amor, respeito, construção de um mundo melhor, sustentabilidade, dentre outros conceitos propositivos, deve ser valorizado. Eu mesma já peguei aqui uma fitinha e coloquei na árvore”, comentou.

Para o presidente do Sindilojas Petrolina, Joaquim de Castro, o empresariado local deve sinalizar boas expectativas para as vendas de final de ano.

“Há uma previsão de que o comércio cresça em vendas cerca de 6% a mais do que o mesmo período do ano passado. Tem a expectativa também da liberação do 13º , então isso, aliado a outros fatores, já traz uma animação para o setor”, destacou (Com Ascom)

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar